A KTM está passando vergonha diante do mundo.

151

KTM é uma das fabricantes mundiais de motocicletas mais respeitadas do mundo, em todas as competições que entrou, ganhou! E não apenas ganhou, dominou! Do MotoCross ao Rally, mas agora a grande aventura é a maior competição do mundo das duas rodas, sim, estamos falando da MotoGP. Estamos falando de uma competição onde os grandes e tradicionais construtores estão presentes, o laboratório de tecnologias do mundo das duas rodas.

Dizem que a KTM tem em mãos um orçamento de 250 milhões de euros para gastar em 5 anos, e quem deu? A toda poderosa fabricante de energéticos, Red Bull. Com tanto dinheiro assim já era para estar colhendo grandes frutos, já que está caminhando para três anos na categoria.

Com um orçamento gordo foi possível fornecer equipamento para a Tech3 em 2019, alinhando quatro motos no gride, mas mesmo assim nunca esqueceremos as c#[email protected]&$ na estréia com as especificações de motores erradas, foi coisa digna de amadores, dinheiro não é tudo quando não se está rodeado de quem realmente entende do negócio. Gastaram para desenvolver e gastaram mais para corrigir o que foi feito. Após os deslizes em 2017, em 2018 os torcedores foram agraciados com um pódio atípico em Valência no piso molhado(Pol em terceiro).

Pol Espargaró, terceira colocação em Valência 2018.

Mas a equipe continua cercada de dúvidas e polêmicas, sim, o famigerado chassi tubular(treliça) e é a única equipe que usa a suspensão WP. Estão errados? No momento digo que não, mas o fato é que agora eles têm Dani Pedrosa ajudando no desenvolvimento da RC16 para 2020, um alguém com muita experiência para opinar se algo serve ou não. A próxima temporada será o tira-teima, a equipe tem a obrigação moral de entrar de uma vez por todas no top10, caso contrário mostrará ser um vexame total com tanto dinheiro investido e pouco retorno nos resultados.

Como fã, não vejo tanta polêmica com a suspensão WP, vejo mais com o chassi porque a KTM é a única equipe que usa essa especificação. Fazendo uma comparação singela, chassi treliça e suspensão WP funcionam na Moto2, sei que existe uma grande diferença entre as duas categorias, mas o sucesso relativo na Moto2 acaba por confortar minha consciência diante de tantas dúvidas.

Erros amadores e ingerências deixam-me um tanto assustado, agora em 2019 a Aprilia conseguiu 6 TOP10, enquanto a KTM com o dobro de motos no gride conseguiu apenas 8 TOP10. Com todo respeito ao time da Aprilia, mas até alguns dias atrás ela era a equipe conhecida como pedaço de merda(by Scott Redding).

Como disse, 2020 é o tira-teima, a KTM tem ao seu lado um dos melhores patrocinadores mas os resultados agradam? Tenho certeza que não, hora ou outra a pressão chegará e o clima de amor será transformado em cobrança. Cobranças essas talvez serão responsáveis por grandes mudanças. O fato é que com tanto dinheiro ao ralo os resultados deveriam já ter chegado de forma efetiva. Enquanto isso vamos vendo lampejos como a sexta colocação em Le Mans(2019), se querem dominar e ter supremacia como possuem em outras competições vão precisar mais do que estão fazendo agora.