Álvaro Bautista e sua cara de pau contra a KTM.

146

Álvaro Bautista é um dos pilotos mais badalados do momento, o espanhol, piloto da Ducati no WSBK, foi manchete de inúmeras matérias de rumores sobre o futuro da sua carreira, um desses rumores foi a possibilidade de retornar ao mundial de motovelocidade pela KTM.

Bautista: “Um dos meus objetivos era retornar ao mundial de motovelocidade, mas para isso acontecer seria em uma moto competitiva, que permitisse lutar pelo pódio. A KTM tem potencial, mas não para ganhar, isso é evidente!”.

Por incrível que pareça o Bautista abandonou a Ducati no WSBK e a bestial Panigale V4 para se aventurar com a Honda em uma tal de “nova CBR”, ok, é válido! Mas ao mesmo tempo Bautista fala que quer uma moto com potencial para vencer, onde a Honda está hoje no WSBK? No fundão! Bautista acha mesmo que a Honda vai encostar na Kawasaki e Ducati do dia para a noite? HAHAHAHAHA Faz-me rir, faz-me rir!

Pra que moto com mais potencial que a Panigale V4? Bautista devia criar vergonha na cara e abrir o jogo que foi para a Honda apenas por dinheiro, o próprio CEO da Ducati afirmou que fez uma proposta de 6 dígitos para o piloto. O impasse com a KTM foi a moto ou o salário baixo?

Bautista, Bautista… para alguém que perdeu um campeonato ganho em 2019 devia prestar mais atenção no que fala porque a internet não perdoa, vamos ver como ele será tratado pelos fãs da fabricante no World Ducati Week 2020, os tiffosi ducatistas devem estar ansiosos. #mercenário