Bagnaia está usando os dados de Jorge Lorenzo.

366

Coroado como campeão mundial da Moto2 em 2018, Pecco Bagnaia chegou a categoria rainha com grandes expectativas entre os novatos. Mas nem tudo são flores e o jovem piloto vem provando um gosto amargo até o momento na categoria. Enquanto Quartararo se diverte com a dócil e fácil M1 e Mir com sua Suzuki oficial vemos Bagnaia lutar com uma GP18 da Ducati. Mas há vantagens em usar a GP18 da Ducati…

Bagnaia tem um estilo particular de condução, algo próximo de um ex-piloto da Ducati, sim, estamos falando de Jorge Lorenzo. O jovem italiano explica: “É claro que eu olho os dados do Dovizioso porque ele é o mais rápido entre todos nós, olho também os dados do Petrux e Miller.  Mas o fato é que dedico mais tempo aos dados do Lorenzo, a moto é mais parecida com a dele, assim como o meu estilo de condução. Nós somos muito semelhantes, portanto, eu posso entender algo a mais na moto usando suas configurações”.

Em 2018 Jorge Lorenzo foi incrivelmente rápido em alguns circuitos com a Ducati. Esses dados são uma importante fonte de informações para Pecco. No entanto sua temporada como novato não vem sendo fácil. Um nono e dois décimos quarto lugares até agora são o seu melhor desempenho.

__

A pergunta é: Tem compensado o Bagnaia estar usando Jorge Lorenzo como referência?

Pergunta é simples, basta voltarmos no tempo para lembrar da bombástica vitória do Espartano em Mugello. Na corrida seguinte Dovi e Petrucci tentaram copiar as configurações do Jorge ainda nos treinos livres e desistiram imediatamente. Sei lá… se pilotos experientes com as máquinas desistiram de copiar o JL, então, creio que um novato tentar fazer algo parecido não é muito inteligente. rs

Enfim, é só o que penso, mas na realidade quem sou eu para questionar qual rumo deve tomar um piloto profissional? kkk Esse é o lado engraçado de ser um fã dessa competição. Desejo um ótimo final de semana aos amigos.