Carlo Pernat: “Marc Márquez é o mais forte e ainda enganou Jorge Lorenzo”.

1028

Carlo Pernat é o homem que sempre tem razão ao falar. Foi ele que descobriu pilotos como Valentino Rossi, Max Biaggi, Alessandro Gramigni e Roberto Locatelli. Depois de sair do Departamento de Corridas da Aprilia, o empresário continua no mundo do motociclismo como “manager” dos pilotos Loris Capirossi e Andrea Iannone.

Abaixo, o Maniamoto trouxe a sua excelente e objetiva impressão após a corrida de Le Mans:

“Na França, a Ducati conseguiu uma vitória de equipe e Márquez venceu a batalha na pista. Três motos vermelhas seguiram Marc através da linha de chegada, mas não conseguiram vencê-lo.”

“Ele é o mais forte de todos e conquistará muitos títulos mundiais. Além de ser rápido, ele também é inteligente já que ele “construiu” uma Honda que só ele pode pilotar, trabalhando no motor e até enganando Lorenzo no processo, como ele mesmo admite.”

“Jorge Lorenzo não tem tido sorte este ano. Ele perdeu o teste de inverno e agora há até mesmo conversa sobre o divórcio seu com a Honda, embora eu ache que é muito cedo. É como voltar à época de Stoner, quando somente ele conseguia pilotar a Ducati em 2007, a agora o mesmo se aplica a Marc Márquez.”

“Eu acredito que em breve Márquez terá que lidar com Quartararo. Ele foi mais rápido em Le Mans e espero vê-lo no pódio logo. Fabio é um fenômeno e causará problemas para Márquez, e é por isso que Viñales precisa se cuidar.”

“Maverick me lembra Melandri e agora corre o risco de ter uma temporada ruim e perder seu lugar na equipe de fábrica. Apesar de ter contrato de dois anos, ele pode ser rebaixado para a Equipe Petronas. Tenho certeza que a Yamaha vai considerar isso.”

“Não nos esqueçamos da luta interna da Ducati entre Petrucci e Miller, onde o piloto melhor colocado ganhará o assento de fábrica no próximo ano.”

“Fiquei também impressionado com a KTM e Espagaró (veja matéria no Maniamoto) a apenas cinco segundos do líder Marc. Eles deram aquele salto que precisavam fazer, enquanto a Aprilia ainda não o fez, e está sofrendo devido a um piloto lesionado e outro desmotivado.

Em comparação, a KTM já deu um passo à frente também como resultado do investimento que o fabricante fez.”