Davide Tardozzi quebra o silêncio após Silverstone.

727
Davide Tardozzi

A Ducati comentou oficialmente a decisão de cancelamento das três corridas do domingo em Silverstone, afirmando que estava “totalmente de acordo” com a convocação, mas o responsável da equipe, Davide Tardozzi, questionou a comunicação sobre o encontro entre pilotos da MotoGP e direção de corrida.

Silverstone 2018

Alguns nomes da categoria rainha não estavam presentes antes das 16h do domingo, quando os pilotos se reuniram para votar se as corridas deveriam ocorrer no final da tarde e no início da noite em pista molhada.

Falando ao canal de televisão italiano Sky Sports Italia , o piloto da Ducati, Andrea Dovizioso , que não estava presente, manifestou o seu desapontamento por não ter sido informado oficialmente durante a reunião. Na segunda-feira, a fábrica de Bolonha divulgou um comunicado em que Davide Tardozzi também afirmou que não havia “confirmação oficial” sobre a reunião do piloto.

“Ontem à tarde(domingo) eu não recebi nenhuma notificação oficial de uma reunião entre os pilotos e a Direção da Corrida para tomar uma decisão sobre o cancelamento do Grand Prix”, disse Davide Tardozzi, segundo o comunicado.

“A iniciativa da reunião com a Direção da Corrida surgiu espontaneamente entre vários pilotos que começaram a informar os outros para irem aos escritórios da IRTA”.

“Por exemplo, Jorge Lorenzo foi informado pelo seu manager Albert Valera, que tinha ouvido falar de Aleix Espargarò. Todos os pilotos não estavam presentes porque alguns deles não haviam sido informados e outros só apareceram depois de ver as imagens na televisão, mas ninguém os havia chamado oficialmente”.

“Isso é exatamente o que eu fiz, eu vi as imagens na televisão e eu fui por conta própria para descobrir o que estava acontecendo. Como sempre, nenhum Gerente de Equipe entrou na reunião, assim como não estamos presentes na Comissão de Segurança organizada oficialmente na sexta-feira nos circuitos”.

“Depois de excluir a possibilidade de correr na segunda-feira com uma votação entre as equipas (votamos a favor desta possibilidade), a Ducati estava totalmente de acordo com a decisão tomada porque era a coisa mais segura para todos”.

“Mas eu ainda acredito que uma decisão dessa importância deve ser feita com todos os pilotos na grade por meio de uma reunião oficial”.

Esta afirmação foi feita a Loris Capirossi , representante da Dorna no Race Direction na noite de domingo, ao que ele respondeu: “Com certeza informamos a todos porque informamos todos os gerentes da equipe e o [Jorge] Lorenzo estava lá. Não vou pessoalmente informá-lo, mas não sei por que Andrea não está lá”.

“Eu sinto muito por isso, mas é nossa intenção ouvir todas as opiniões de todos os pilotos, porque do nosso lado, como sempre, a segurança é a coisa mais importante. Hoje esperamos e adiamos a corrida, mas nunca encontramos a solução certa ou as condições certas para que os pilotos decidissem parar juntos.”
______________

Leia também: Marc Márquez sai vitorioso sem lutar em Silverstone.

Matéria originalmente traduzida do site Crash.Net