Honda nega que Márquez será submetido a nova cirurgia.

484

“Se a corrida fosse hoje, não seria capaz de terminar”
Marc Márquez

A equipe Honda MotoGP negou os rumores de que Marc Marquez estaria enfrentando uma segunda operação no ombro antes do início da temporada de 2020, depois de ter caído duas vezes durante o último teste.

Rumores sobre a operação foram divulgados por alguns sites na rede, mas permanecem nada além de especulações, de acordo com a atual equipe do campeão mundial.
Sofrendo de luxações freqüentes no ombro direito, ele passou por um procedimento em novembro semelhante ao que teve no lado oposto no ano anterior.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 838554-1536x1034-1-1024x689.jpg

Marquez admitiu em Sepang que estava preocupado não apenas com a falta de força e destreza, mas também com possíveis danos à inervação do ombro após a cirurgia.
Mas um porta-voz da Honda negou que atualmente haja um plano para possível cirurgia corretiva.

“A recuperação não foi mais intensa que a do ano passado”, disse Marquez a jornalistas em Sepang. “O médico me avisou que, quando você manipula o ombro, existem muitos nervos e músculos e que eles podem tocar em algo que pode afetar a mobilidade de certos músculos que são muito importantes para o ombro, e é nisso que estamos trabalhando.

“Até duas semanas atrás, eu tinha força zero e nem conseguia levantar um copo de água. Mas, nos últimos dias, o nervo começou a responder e melhoramos bastante.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 81483090_2990132374330526_3166788247581884416_n.jpg

“Estou fazendo duas horas de reabilitação pela manhã e mais duas à tarde. Estou passando quase o dia inteiro em função do meu corpo, tentando melhorar, mas sempre tendo em mente que a primeira corrida é no Qatar e que existem prazos a serem cumpridos.”

No entanto, ele não está preocupado com o impacto de suas dificuldades atuais, contando com a sua experiência do ano passado para garantir que ele esteja trabalhando o melhor possível para estar pronto para a rodada de abertura na pista de Losail, em 9 de março.

“No ano passado, experimentei a mesma coisa e tentarei usar essa experiência em meu benefício este ano, mas às vezes é difícil conduzir corretamente a cicatrização, porque tudo depende de como você está se sentindo”, Marquez comentou.

“Por enquanto, sei que preciso esquecer as telas de cronometragem, os tempos de voltas, minha paixão por pilotar, e tentar encontrar a minha base.