Jack Miller recebeu ultimato da Ducati, ele aguentará a pressão?

644

O Campeonato de MotoGP da temporada de 2019 ainda não começou, mas você deve saber que, para alguns, já começou há tempos. Este é particularmente o caso da Ducati e seus pilotos, onde o posto de Dovizioso até o final de 2020 está garantido. No entanto Petrucci tem o sua vaga garantida apenas para este ano de 2019, e deve mostrar que ele merece manter-se no vaga contra Bagnaia e Jack Miller, ambos de garfo e faca em mãos para tomar o lugar de protagonismo na equipe principal. Em Sepang, enquanto Petrux manteve a sua supremacia contra Bagnaia, Miller não mostrou o seu melhor. Apesar do seu terceiro melhor tempo, acabou caindo durante o teste, diferente de Bagnaia que manteve-se integro.

Paolo Ciabatti , diretor esportivo da Ducati Corse, é um observador atento de seu zoológico, já está alertando o piloto australiano … ” Jack estará na mesma moto que Danilo e Andrea este ano. Este é o ano que ele tem que provar que não é super rápido apenas na manhã de sexta-feira, mas também de forma constante no decorrer do final de semana. Esperamos que ele nos mostre que amadureceu e desenvolveu suas habilidades “.

Ao Speedweek , o italiano insiste: “além dos tempos de jejum, ele deve mostrar a regularidade exigida em vez de cometer erros e cair, como aconteceu algumas vezes no passado “. Isso é claro. Além disso, Miller terá equipamentos de última geração para demonstrar suas habilidades: ” Os três pilotos equipados com o GP19 terão o novo pacote aerodinâmico. Andrea, Danilo e Jack darão seu veredicto. Para os condutores com a Ducati gp18 não há na programado para ter essas atualizações. Mas quem sabe as coisas não mudam com o Pecco?”.
_____________________________

Opinião pessoal
No ano de 2018 o próprio Ciabatti deu um ultimato ao Danilo Petrucci, que estava muito cotado na Aprilia, mas no fim ninguém contava que Jorge Lorenzo teria um começo de temporada fraquíssimo juntamente com a língua desmedida do senhor Domenicali, resumindo, Danilo foi ao inferno e voltou ao céu, ganhou na loteria.

Apesar do pesares, a situação agora é diferente! Temos um jovem ET(Bagnaia) andando tão bem quantos os mais experientes da equipe, com a faca nos dentes empurrando todos, e tudo indica que ele irá subir para a equipe principal. Do outro lado temos dois pilotos, Miller e Petrucci, com aviso prévio, esses dois pilotos vão deixar duas vagas em aberto, vagas essas cobiçadíssimas por jovens rookies talentosíssimos apenas esperando a oportunidade certa.

Com essa safra maravilhosa no Moto2 composta por pilotos como Jorge Martin, Bezzecchi, Marini, Giannantonio, alguém duvida que a Ducati e outras equipes vão perder tempo insistindo em pilotos que estão há anos na categoria e nunca conseguiram nada? Tá, tá bom, Miller já venceu uma corrida, mas no molhado, primeiro ano de Michelin. rsrs

É como dizem no exército brasileiro: SELVA!