Jorge Lorenzo tem uma les√£o a cada 40 dias.

725

Jorge Lorenzo está passando por um dos seus períodos mais importantes de sua carreira. Depois de um longo contrato na Yamaha, mudou-se para a Ducati para um contrato de dois anos com prazo determinado, antes de embarcar em um grande desafio com um terceiro fabricante, a Honda. Na sua frente, o melhor do momento: Marc Márquez . Para enfrentar tantas adversidades e incógnitas, é preciso estar no topo da boa forma mental e física. Parte física, é aí onde mora o problema do piloto espanhol.

Jorge Lorenzo tem em mãos a oportunidade de fazer história ao vencer por três equipes de fábrica diferentes, ele já acumula vitórias com a Yamaha e Ducati.

Desde Aragon Jorge Lorenzo vive um perigoso momento negro na suas carreira.¬†Durante aquele Grand Prix(Aragon, 2018), ele caiu na primeira curva ap√≥s um in√≠cio agitado com¬†Marc M√°rquez¬†.¬†Ele saiu avariado, mas algumas semanas depois teve que deixar sua gp18 da Ducati porque falhou durante os testes na corrida da Tail√Ęndia.¬†Um acidente que definitivamente selou o final da temporada de 2018 e sua hist√≥ria com a equipe de Borgo Panigale.

Inverno deveria ser revigorante, mas no final da temporada, o cinco vezes campeão encontrou-se na enfermaria, com este tempo um escafóide(um pequeno osso na mão) danificado durante um treinamento de motocross. Foi neste estado de convalescença que ele voltou a trabalhar em uma Honda para descobrir como se adaptar da melhor forma possível. O Qatar Grande Prémio chegou, a temporada de 2019 foi lançada e, na pista de Losail, no sábado, Jorge Lorenzo caiu duas vezes. Ele ainda correu no dia seguinte, terminando em décimo terceiro com uma dor persistente. Veio o veredito: uma pequena lesão em uma das suas costelas do lado direito!

O site Tuttomotoriweb fez as contas: Do Grande Prêmio de Aragon ao do Qatar, cerca de 160 dias se passaram, durante os quais Lorenzo lamenta quatro ferimento. Isso é uma média de cerca de uma lesão a cada 40 dias. 

Melhoras ao Espartano! 

Matéria originalmente traduzida do site Paddock GP