MotoGP – A Suzuki poderá ser a grande surpresa em 2020?

461
davide brivio suzuki

Após 5 anos do seu retorno à principal categoria do motociclismo, 2020 pode ser o ano em que a Suzuki estará pronta para lutar pelo título do mundial. Com Rins e Mir, a equipe tem a GSX-RR como forte candidata. Davide Brivio, chefe da equipe, diz que a equipe está começando a temporada 2020 com objetivos claros.

“2019 foi um bom ano, nosso objetivo era vencer uma corrida e vencemos duas, no entanto não estamos totalmente satisfeitos com o resultado do campeonato, poderíamos ter terminado o campeonato com Rins entre os três melhores, isso é algo que esperamos melhorar nessa temporada. Em 2018 conquistamos nove pódios, em 2019 vencemos duas vezes”, diz Davide Brivio.

“Para 2020 o primeiro objetivo é melhorar nós mesmos em comparação ao ano anterior. Todos começam a temporada com o máximo de ambição, mas do zero, veremos como tudo se desenvolve no decorrer do campeonato”, completa Davide Brivio. Para 2020 a Suzuki não trouxe apenas um novo motor ou chassi, mas também trabalhou duro em área menores como eletrônica e aerodinâmica.

Diferente das demais equipes, a Suzuki trabalhou na pré-temporada com uma estratégia de desenvolvimento completamente diferente da concorrência e decidiu introduzir lentamente seus novos componentes somente após cuidadosos testes, parecia que tudo o que Rins e Mir testavam trazia resultados instantâneos no ritmo da moto.

“A moto era boa desde o início e o projeto continua crescendo”, diz Sylvain Guintoli que é piloto de testes da Suzuki, “Atualmente estamos fazendo ajustes finos e o desenvolvimento é realmente interessante. A Suzuki está fazendo um ótimo trabalho, especialmente para adaptar a moto aos novos pneus. A atmosfera nos boxes é impressionante, é divertido fazer parte da equipe. Não quero falar muito antes do início da temporada, mas tudo parece bom e a moto é ótima”.

Gostou da matéria? Deixe sua opinião nos comentários, interaja com os demais leitores!