MotoGP – Johann Zarco e os espĂ­ritos.

331

Zarco Ă© um piloto de caracterĂ­sticas Ășnicas, alĂ©m de ser o Ășnico bicampeĂŁo da Moto2 Ă© tambĂ©m o Ășnico piloto que em menos de dois anos guiou motos da Yamaha, KTM, Honda e agora a Ducati. E se aproveitĂĄssemos alguĂ©m com essa bagagem para fazer comparaçÔes dessas diferentes motos?

O piloto contratado pela Ducati para guiar na Avintia deu um panorama de como as coisas funcionam nas diferentes casas: “Cada motocicleta tem um espĂ­rito. A Honda se parece muito mais com a Yamaha do que vocĂȘ pensa”, diz Zarco.

“A Honda e a Yamaha tĂȘm espĂ­rito japonĂȘs, mesmo que sejam duas motocicletas construĂ­das de acordo com conceitos muito diferentes. HĂĄ algo comum entre elas, permitem que vocĂȘ faça coisas com bastante neutralidade”.

“A KTM e a Ducati tĂȘm um espĂ­rito mais eu europeu, quando vocĂȘ usa essas motos pode explorar mais coisas, porĂ©m Ă© necessĂĄrio esforços alĂ©m da medida. No entanto, prefiro me esforçar mais com a Ducati, Ă© uma moto vencedora!” Por fim Zarco completa: “HĂĄ um espĂ­rito em cada uma dessas motos, mas Ă© estranho que alguns pensem que a Honda tem caracterĂ­sticas idĂȘnticas Ă  Ducati ou KTM, sendo que estĂĄ mais prĂłxima de uma Yamaha”.

Johann Zarco – LCR

HÁ FUNDAMENTO NO QUE ZARCO DIZ?

Talvez sim e talvez nĂŁo. Assistindo Marc MĂĄrquez guiando a RCV percebo que a moto pode ser qualquer coisa, menos uma moto neutra. Zarco numa temporada completa com a Honda poderia progredir e se adaptar, mas vencer ou entrar no Top5 seria outros quinhentos… Para brilhar na RCV Ă© necessĂĄrio ser um verdadeiro kamikaze como Marc.

A maioria dos que acompanham a MotoGP achavam que a Ducati era a moto mais difícil do gride, o tira-teima foi com Jorge Lorenzo saindo da Ducati e indo para a Honda. Eu mesmo acreditava nessa teoria, no fim o que acabamos vendo? Jorge Lorenzo pedindo arrego! RCV é uma destruidora de ossos, basta ver Dani Pedrosa, tem mais metal no corpo do que o Wolverine. No fundo vejo tudo isso apenas como o grito de socorro, Zarco apenas continua na MotoGP por conta de política interna, agiu de forma infantil e irresponsåvel com a KTM, criticou tudo e todos, até mesmo Dani Pedrosa foi vítima da sua língua.

Zarco precisa calar a boca e pilotar, fazer valer e tentar pelo menos achar uma vaguinha na Pramac, o mesmo diz que almeja a Ducati oficial… bem, tudo pode acontecer jĂĄ que a equipe italiana estĂĄ mais desorientada que relĂłgio de cego.

Quero eu estar errado a respeito do francĂȘs, que esse negĂłcio de Corona VĂ­rus se resolva o mais rĂĄpido possĂ­vel, esperamos para ver o super Zarco em ação.