MotoGP – Leopard Racing pode estar de malas prontas, Avintia dará adeus?

273

Muitas notícias, fofocas e furos surgem no paddock da MotoGP, e isso é normal! O caso da vez envolve a equipe Lopard Racing, há anos que ouvimos a conversa que a equipe de Flávio Becca prepara-se para chegar à categoria rainha do mundial de motovelocidade.

Em 2015 após a Forward Yamaha MotoGP desandar por conta dos problemas pessoais de seu patrão, o interesse surgiu. Na época, o chefe da Leopard Racing, Miodrag Kotur, explicou: “Um primeiro passo poderia ser a entrada na MotoGP como patrocinador. É necessário ser muito cuidadoso com essa ação, ela é ambiciosa e muito exigente”, no fim tudo acabou ficando apenas no interesse.

O boato da Leopard Racing na MotoGP voltou a ganhar força novamente com a criação da equipe satélite da Suzuki. Novamente não aconteceu porque Davide Brivio moveu céus e terras e a gerência da Suzuki em Hamamatsu não demonstrou interesse.

Atualmente não é mais possível apenas inscrever sua equipe no gride da MotoGP, o único caminho é adquirir ou fechar parceria com uma equipe existente, como aconteceu com a Aspar e Petronas SRT, e também a Aprilia com a Gresini.

Com qual equipe a Leopard iria buscar sua chegada à categoria rainha da MotoGP? Para encontrar a resposta vamos associar alguns pontos que surgiram nesse final de semana passado. O primeiro é que Tito Rabat afirmou que seu contrato está em risco para 2021, o segundo ponto é que Enea Bastianini, ex-piloto Leopard Racing, foi confirmado para a próxima temporada como piloto da Ducati, ainda não foi confirmado onde o jovem piloto guiará, a expectativa é que seja na Avintia(futura Leopard Racing).

É verdade? É apenas um boato? Não sabemos, mas costumamos dizer que onde há fumaça, há fogo! O fato é que a Avintia anda muito mal de uns anos para cá na parte financeira, se não fosse ações de Carmelo Ezpeleta essa equipe já teria dado adeus ao gride. Vamos ver o que acontece.