Qual o futuro de Pedrosa? Lorenzo recebe prazo para tomar decis√£o.

697

Dani Pedrosa é desafiado por um jovem talento da Moto2

A dan√ßa das cadeiras est√° viva.¬†No momento, parece que a Honda¬†deseja mudar seu segundo piloto, trazendo para a¬†MotoGP¬†¬†o atual campe√£o mundial da¬†¬†Moto3,¬†Joan Mir, que conseguiu seu primeiro p√≥dio na¬†Moto2¬†na Fran√ßa. Not√≠cias d√£o conta que o jovem talento parece ter assinado um pr√©-contrato para fazer companhia ao lado¬†¬†Marc M√°rquez no boxes j√°¬†no pr√≥ximo ano.¬†No momento¬†os¬†executivos da¬†Honda¬†adiaram conversas com¬†Dani para a renova√ß√£o do contrato, precisamente porque n√£o parecem totalmente convencidos das suas atua√ß√Ķes como piloto.

Notícias dão conta de que o gerente Alberto Puig  também colocou o vencimento do pré-contrato para 17 de junho, precisamente no GP da  Catalunha. Isso eventualmente permitirá que o jovem Mir seja capaz de conversar com outras equipes, como a Suzuki, que depois de renovar com o Rins por mais 2 anos não teria nenhum problema em ajudar um jovem piloto a crescer.

Paolo Ciabatti: “Vamos esperar por Lorenzo at√© Montmel√≤”.

A Ducati fixa o limite m√°ximo at√© o dia 30 de junho para uma decis√£o, o dia em que as op√ß√Ķes tamb√©m expiram para Miller e Petrux.¬†“Todos sabem que o Jorge foi o piloto mais bem pago da hist√≥ria do MotoGP e depois de fazer uma grande melhoria salarial para o Dovizioso n√£o temos a possibilidade de pagar outro piloto como fazemos com o Jorge”, acrescentou Paolo Ciabatti.¬†A possibilidade de contrato com o espanhol prev√™ um sal√°rio baixo e altos pr√™mios/b√īnus em caso de vit√≥ria.¬†“O que √© mais importante, antes de falar de dinheiro, √© saber que o trabalho dar√° bons resultados.¬†Se n√£o conseguirmos resolver esta situa√ß√£o, sempre veremos atua√ß√Ķes como as de Le Mans, que n√£o s√£o o n√≠vel de Jorge ou o que ele quer.¬†Temos um teste de dois dias em Barcelona.¬†Mas n√£o podemos esperar mais nada, tamb√©m por respeito aos outros pilotos, que t√™m a chance de ir para outro time e estar livres para decidir – continuou o diretor esportivo da Ducati Corse -.¬†Esta √© a parte do meu trabalho que eu n√£o gosto, a de tomar decis√Ķes para os pilotos que tamb√©m s√£o pessoas.¬†Lamento terminar os ciclos, mas esta √© a vida e o importante √© fazer com honestidade e respeito pelas outras oportunidades que os pilotos t√™m”.