Rossi em crise, Ducati desordenada, Lorenzo uma incógnita.

424

Assunto Yamaha: info do M.BRuscolini que postei 2 semanas atr√°s, Yamaha n√£o estaria nada satisfeita com os boxes oficias, principalmente do VRossi46. O Resultado do GP holand√™s deve ter piorado o clima que j√° n√£o era bom. Quando VRossi46 bate boca com a imprensa √© sempre um problema. Na entrevista ap√≥s a corrida onde explicou o acidente com o TNakagami30, rep√≥rteres cutucaram a on√ßa sobre os p√≥dios de MVi√Īales12 e FQuartararo20, Rossi relembrou aos jornalistas com ironia de que ainda era o primeiro piloto Yamaha na classifica√ß√£o, por isso vimos a imagem dele deixando os boxes e indo embora mais cedo.

Sobre Ducati x Lorenzo: se fossem outros diretores no comando nem cogitaria um retorno, até pela troca de carinhos entre o CEO da empresa e piloto, mas sabemos que na garagem da Ducati quando o assunto é piloto podemos esperar qualquer coisa.

Quer um exemplo? Olha a bagun√ßa: DPetrucci09 fechou contrato (2019) por um valor baixo, mas ele recebe bonifica√ß√Ķes por desempenho, domingo passado no GP Assen, era claro seu melhor ritmo, mas ele n√£o ultrapassou o ADovi04 porque esse √© o primeiro piloto por ordens do boxe, resultado: al√©m de perder a 5¬™ posi√ß√£o no grid para FMorbidelli21, ainda deixou de receber um dim dim como pr√™mio pela possibilidade de fazer um p√≥dio (3¬ļ), perdeu muito tempo ali atr√°s, +/- 10 voltas.

Sobre Lorenzo: vai depender do que a Honda oferecer nos próximos meses. Em entrevista ao Marca no final de maio ele disse que a quebra de contrato pode acontecer dos dois lados e não apenas por parte da Honda. Vamos ver o que acontecerá, sua viagem ao Japão foi vista com bons olhos pelo HRC, tanto que pediram opinião sobre a futura CBR V4 para o SBK.
E tem o MMarquez93, a Honda hoje não pode e nem deve cogitar perdê-lo.
Caso Lorenzo não fique na Honda, acho mais provável um retorno à Yamaha que na Ducati.

Fica aqui o obrigado ao amigo Duzera.