Sepang D2: Quartararo lidera; Dani Pedrosa segue impressionando com a KTM.

527

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é mmm-2-20-1-1024x1024.jpg

Os tempos despencaram no final do segundo dia de testes em Sepang. Os pilotos aproveitaram as temperaturas mais baixas e as condições ideais da pista para perseguir um tempo rápido no final do dia. Fabio Quartararo ficou no topo, marcando o tempo mais rápida do dia e chegando a um quarto de segundo do seu próprio recorde de qualificação. O piloto da Petronas Yamaha passou quase todo o seu dia na 2020 Factory Spec Yamaha M1 e estabeleceu seu tempo mais rápido com a mesma moto.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é kkk-1-1024x682.jpg

Jack Miller terminou o dia em segundo, depois de ter ficado no topo da tabela de tempo durante a maior parte do dia. O piloto da Pramac Ducati foi sete centésimos mais lento que Quartararo e passou seu tempo testando um novo pacote aerodinâmico da Ducati, embora fosse mais uma evolução do pacote atual do que uma revolução.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é dani-1.jpg

Dani Pedrosa impressionou com a KTM, o piloto espanhol fez a sua volta mais rápida a três décimos do recorde oficial da volta e pouco menos de um décimo mais lento que o homem mais rápido Quartararo. O terceiro lugar de Pedrosa demonstra o valor de ter um piloto de testes tão forte. Pedrosa está rápido o suficiente para competir.

Joan Mir foi a Suzuki mais rápida; o espanhol ficou dezesseis centésimos atrás de Quartararo, e foi um décimo de segundo mais rápido que Franco Morbidelli com A-Spec Petronas Yamaha, enquanto Maverick Viñales foi seis centésimos mais lento na Monster Energy Yamaha.

Todos os três pilotos da Yamaha estavam com as máquinas Factory Spec e passaram o dia todo com esta moto. Alex Rins terminou o dia em sétimo, um quarto de segundo atrás do seu companheiro de equipe Suzuki, e à frente de Pol Espargaró da KTM.

Marc Marquez foi o nono mais rápido, apesar de sofrer um pequeno acidente com a sua Honda, mas saiu ileso. Valentino Rossi completou os dez primeiros, colocando todas as quatro Yamahas entre os dez primeiros e rebaixando Aleix Espargaró para o décimo primeiro lugar com a sua Aprilia RS-GP.

Tabela de tempos – Sepang D2

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é jjjj-1024x1024.jpg