WorldSBK – Jonathan Rea confirma o 4º título.

653

A 11ª rodada da World_SBK aconteceu no Circuito de Magny-Cours – França                      e confirmou 3 campeões das quatro categorias.

World_SBK – Bateria 1: Não era Sepang (Malásia), mas o clima foi o mesmo, corrida tumultuada com muita chuva e sol no sábado, asfalto molhado, asfalto seco, mas para o norte irlandês Jonathan Rea isso era o menor dos problemas, ele queria mesmo é confirmar o seu 4º título na categoria, se igualando ao inglês Cal Fogarty, até então o maior vencedor. Largou mal, mas tomou a ponta logo após a primeira volta e assim foi até a bandeirada, filme que se repetiu inúmeras vezes durante os últimos 3 anos, um desempenho avassalador, não dando a menor chance aos seus adversários. Tensão mesmo era completar as 21 voltas sem cometer erros. A festa na garagem verde (kawasaki) foi completa com TomSykes66 em 2º. O espanhol XFores12 fechou em 3º, melhor Ducati.

World_SBK – Bateria 2: Diferente do sábado, Sol e temperatura agradável. Grid invertido como manda a regra, mas o resultado final foi um repeteco da bateria 1. Largada com CDavies, Van Der Mark 2º e JRea01 já em 3º após cruzarem a primeira volta. Na terceira volta, JRea01 assumiu a 2ª posição e perseguiu o líder até a 11ª volta. Foram duas tentativas de ultrapassagem onde levou o “x” mas num erro infantil do inglês CDavies, JRea assumiu a ponta e foi tranquilo até a bandeirada. Final de semana com duas vitórias e título assegurado.

  1. JONATHAN REA – 470 – KAWASAKI
  2. CHAZ DAVIES – 335 – DUCATI
  3. MICHAEL VAN DER MARK – 309 – YAMAHA
  4. TOM SYKES – 273 – KAWASAKI
  5. MARCO MELANDRI – 250 – DUCATI
  6. ALEX LOWES – 213 – YAMAHA

 

SSP300cc:  Foi a corrida e o título mais emocionante do final de semana. Ana Carrasco tinha 10pts de vantagem sobre o vice-líder Scott Deroue e 18pts para Mika Perez. Grid alinhado, SDeroue95 na pole, MPerez08 em 8º e a ACarrasco2 largando na  25ª posição. Luz verde, SDeroue95 assume a ponta com MPerez08 em 2º após excelente largada, um resultado desastroso para a espanhola. Na quarta volta, SDeroue95 teve problemas em sua motoca e foi obrigado a se retirar, MPerez08 assumiu a liderança e colocou a mão na taça por alguns minutos, eram 18pts de atraso, os 25pts pela vitória eram mais que suficientes na quele momento – 10ª Volta (faltando apenas 2): o pelotão da frente se resume a L.Bernardi19, De La Vega14, M.Perez08 e L.Grunwald43 separados por meros 0.600 segundos. ACarrasco2 em 15º, entrando na zona de pontuação somando 1pt. Na reta de chegada mecânicos desesperados tentando informar aos seus pilotos sobre a situação dentro da pista. 11ª Volta: Destaque para MHerrera que largou em 19º e foi subindo posições, 1º De La Vega14, 2º D.Valle33 (0.408), 3º M.Herrera69 (0.614) e 4º M.Perez08 (0.808). Última volta: cada piloto com seu interesse particular, e sem aquela babaquice de não se meter na disputa do título como normalmente acontece na MotoGP, era piloto querendo a primeira vitória, outro querendo pódio, outro a conquista do título. MPerez08 sabia que os 25pts era a sua melhor cartada, foi pra cima e do 4º lugar foi para 1º, massssssss faltando apenas 4 curvas para a bandeirada, foi superado pelo também espanhol D.Valle33 que venceu a corrida por meros 0.168 segundos. ACarrasco2 que vinha em 15º, avançou mais 2 posições, terminando em 13º, o que lhe garantiu 3pts. Um 13º lugar preciosíssimo, que lhe deu a vantagem mínima na tabela de classificação. Alegria e choro no pódio.

  1. ANA CARRASCO – 93pts – KAWASAKI
  2. MIKA PEREZ – 92pts – KAWASAKI
  3. SCOTT DEROUE 80 – KAWASAKI
  4. LUCA GRUNWALD – 78pts – KTM
  5. DORREN LOUREIRO – 66pts – KAWASAKI
  6. MANUEL GONZALEZ – 59 – YAMAHA

 

Super Sport SSP600:  A decisão do título ficou para o próximo GP argentino (14/10) ou no Catar dia 27 caso necessário. O alemão Sandro Cortese e o francês Jules Cluzel são os favoritos. Corrida: se nas 300cc a Ana Carrasco teve a sorte em ter outros pilotos a ajudando, nas 600cc a sorte sorriu para o alemão SCortese, ninguém se intrometeu e o alemão que caiu para 6º na largada, conseguiu recuperar posições e terminou em 2º – JCluzel16 andou muito bem o final de semana inteiro, marcou a pole e recebeu a bandeirada ao estilo Flag-to-Flag. Sua queda na corrida passada feita por SCortese sem punição, segundo a direção de prova, um acidente de corrida, complicou sua chances pelo título, mesmo com a vitória de hj. Agora faltam apenas 2 Gp’s com 50pts em jogo, a diferença a ser tirada é de 11pts. Boa sorte ao francês que vem andando muito desde o ano passado com a pré histórica Honda CBR, a mudança para a Yamaha R6 lhe fez bem.

  1. SANDRO CORTESE – 169 – YAMAHA
  2. JULES CLUZEL – 158 – YAMAHA
  3. RANDY KRUMMENACHER – 140 – YAMAHA
  4. FEDERICO CARICASULO – 132 – YAMAHA
  5. RAFFAELE DE ROSA – 128 – MV AGUSTA
  6. LUCAS MAHIAS – 119 – YAMAHA

 

STK1000:  Diferente da SSP300, a Super Stock foi uma corrida tranquila. MReiterberger mostrou um bom acerto nos treinos e correu com o “regulamento embaixo do braço”. Na largada ainda teve ajuda do rival na disputa do título, o italiano RTamburini2, que perdeu 4 posições e foi parar na 7ª posição ao fim da primeira volta. MReiterberger28 se manteve sempre próximo do líder, sem forçar ou arriscar, seus 18pts de vantagem na tabela de classificação lhe davam grande tranquilidade. RTamburini2 aos poucos foi escalando posições. Na 10ª volta, estava em 3º a 1.5segundos de M.Reiterberger28 que tinha 1.2 segundos do líder FSandi15. Faltando 2 voltas, MReiterberger28 tirou a mão, objetivo agora era só receber a bandeirada. Última volta um replay da penúltima, FSandi15 tranquilo na ponta, RTamburini2 em segundo e MReiterberger28 terceiro. Dupla vitória alemã (título de pilotos e construtores) para o último ano da categoria.

  1. MARKUS REITERBERGER – 156 – BMW
  2. ROBERTO TAMBURINI – 142 – BMW
  3. MAXIMILIAN SCHEIB – 123 – APRILIA
  4. FEDERICO SANDI – 117 – DUCATI
  5. FLORIAN MARINO – 93 – YAMAHA
  6. LUCA VITALI – 70 – APRILIA